UE: sanções contra a Rússia podem estar perto do fim

As sanções europeias contra a Rússia podem acabar, o que poderá levar aquele país a levantar o embargo aos produtos agrícolas europeus e dar, assim, uma lufada de ar fresco à agricultura e pecuária europeia.

No final de julho, a União Europeia decidiu impor sanções à Rússia, no seguimento da anexação da Crimeia. Estas sanções foram prorrogadas em 22 de junho de 2015 até 31 de janeiro. Como todos os agricultores sabem, estas medidas originaram um embargo russo aos produtos agrícolas europeus, que ainda hoje sofrem.

Com a luta contra o ISIS, começa a pôr-se a questão de não fazer sentido ter sanções contra um país, que, neste momento, é aliado no combate àquela organização terrorista. A França, depois dos atentados de Paris, negociou uma aliança com os Russos para atacar o ISIS e, neste momento, espera-se que, no próximo Conselho Europeu, François Hollande proponha o fim das sanções.

Se a Europa levantar as sanções, a Rússia tem todo o interesse em levantar o embargo aos produtos agrícolas europeus, pois pode assim regularizar o abastecimento interno, numa altura em que está em diferendo com a Turquia, que era, até ao momento, um dos principais fornecedores. Se o embargo for levantado, vai ficar ainda por resolver o problema do embargo sanitário à carne de porco.

Fonte: Agroinfo.pt.

0 visualização0 comentário

©2021 - Root. All Rights Reserved. Designed & Developed by Broono

  • Facebook
  • Instagram
  • LinkedIn