Novo spray prolonga pós-colheita de frutas e legumes em 50%

Um novo spray desenvolvido por investigadores numa Universidade do Canadá pode prolongar a vida pós-colheita da fruta em 50%. Falta apenas efetuar a validação do produto para começar a comercialização naquele país.

O spray foi desenvolvido por um grupo de investigadores, liderados por Jay Subramanian, investigador da Universidade de Guelph (Canadá). Ele usa uma aplicação nanotecnológica através de um extrato de planta natural, o hexanal, que previne o apodrecimento da fruta.

“É um produto natural, produzido por todas as plantas”, afirmou o investigador ao meio de comunicação canadiano CBC. “Se alguma vez consumiu fruta, então é porque já consumiu este componente.”

O investigador afirmou que, quando a fruta murcha, é a sua forma de mostrar a idade. O hexanal previne a atuação das enzimas que quebram as paredes celulares da fruta. Quando as paredes estão protegidas, as células e a fruta ficam intactas, prolongando a frescura do fruto por um período mais longo.

O componente pode ser aplicado uma ou duas semanas antes da colheita, ou os hortofrutícolas podem ser mergulhados na solução logo após a colheita, e cuidadosamente retirados de seguida.

O investigador efetuou testes em vários frutos, e afirmou que as mangas ficaram frescas durante 23 dias após o uso da solução, as bananas 40 dias, e os pêssegos e nectarinas – que normalmente têm um período pós-colheita de uma semana, a resistirem um total de 17 dias, assegurando que este spray pode levar a maiores lucros para os agricultores.

O investigador afirmou ainda que assistiram a resultados semelhantes nos testes efetuados com brócolos e tomates, apesar da maioria da investigação ter recaído na fruta, por ser a que está sujeita a viagens mais longas e ter maior tendência para apodrecer.

“Por exemplo, no caso de um produtor de manga, se pulverizar metade ou um terço do pomar com a formulação, vai obviamente ter a mesma quantidade de produção, mas espalhada por uma janela de três a quatro semanas, em vez de apenas uma – que causa maior pressa e um excesso no mercado, levando a uma queda nos preços.”

Desenvolvido no Canadá, o produto ainda tem de passar em regulamentações antes de poder ser usado naquele país, mas já foi licenciado para a empresa Harvest One, que conta distribui-lo mundialmente nos próximos 2 a 4 anos.

Marketing Agrícola | Em parceria com:


logotipo AGRIMINHO_contactos_II

#Horticultura #Tecnologia #Fruticultura #PósColheita #InvestigaçãoampDesenvolvimento

0 visualização0 comentário

©2023 - Root. All Rights Reserved. Designed & Developed by Broono

  • Facebook
  • Instagram
  • LinkedIn