Na Roménia, supermercados vão ser obrigados a vender maioritariamente produtos nacionais

O Governo romeno aprovou uma lei que obriga que 51% dos produtos de alimentação e bebidas vendidos nas cadeias de distribuição sejam de origem romena.

A medida foi aprovada com 293 votos a favor e nenhum contra, e afetará todos os estabelecimentos com uma faturação anual acima dos dois milhões de euros. Entre outros, terá consequências para o Carrefour que, no final do ano passado, comprou a cadeia de supermercados Billa.

O objetivo é ajudar os agricultores romenos, mas a medida já foi criticada pelas associações de retalhistas e cadeias de supermercados, que podem enfrentar pesadas multas caso não cumpram com o estabelecido, incluindo o encerramento de lojas.

Por outro lado, a própria autoridade da concorrência romena já assinalou que não existem fornecedores no país que possam satisfazer essa quota de 51% em muitas categorias alimentares.

Fonte: Grande Consumo.

0 visualização0 comentário

©2023 - Root. All Rights Reserved. Designed & Developed by Broono

  • Facebook
  • Instagram
  • LinkedIn