Ministério da Agricultura acompanha efeitos de fenómeno climatérico extremo em Salvaterra de Magos

O Ministério da Agricultura, através da Direção Regional de Agricultura e Pescas de Lisboa a Vale do Tejo (DRAPLVT), tem acompanhado de perto os efeitos do que genericamente se pode classificar como um fenómeno climatérico extremo, registado no dia 24 de dezembro, no concelho de Salvaterra de Magos (freguesias de Salvaterra de Magos e Foros de Salvaterra). Em visita ao local, efetuada por técnicos da DRAPLVT, a 25 de dezembro, constataram-se prejuízos numa estufa de hidroponia, com 800 m2 , no valor total de investimento próximo de 20.000 euros, com perda de 90% das culturas aí instaladas (nabiça, alface).


Até ao momento, apenas se verificaram danos agrícolas numa empresa, sendo que nenhum agricultor declarou formalmente prejuízos no site da DRAPLVT, disponibilizado para o efeito. Desde o dia 25/12 que a DRAPLVT está em contacto com o empresário atingido.


No sentido de apurar eventuais prejuízos nos agentes e operadores do setor e para que tal ocorra o mais rapidamente possível, a DRAPLVT realiza o levantamento dos prejuízos de natureza agrícola, disponibilizando, para download, a “ficha de levantamento de prejuízos na agricultura”, a qual pode ser preenchida e enviada por correio eletrónico para info@draplvt.gov.pt, sendo esta depois sujeita à apreciação dos serviços da Direção Regional. Comunicado publicado em Portugal República Portuguesa: XXII Governo

11 visualizações0 comentário

©2023 - Root. All Rights Reserved. Designed & Developed by Broono

  • Facebook
  • Instagram
  • LinkedIn