Desenvolvida banana transgénica com maior vida útil pós-colheita

Cientistas da Organização de Investigação Agrícola de Israel desenvolveram uma banana transgénica – modificada geneticamente -, que apresentam maior vida útil e uma maturação retardada, conseguido com a redução da expressão de dois fatores de transcrição. Os investigadores encontram-se a trabalhar atualmente na viabilidade de comercialização para que esta melhoria genética possa ajudar agricultores. Os resultados deste estudo foram publicados na revista Plant Physiology no passado mês de março.

Baseados em estudos prévios sobre o amadurecimento dos genes do tomate, os cientistas caracterizaram genes similares da banana, conhecidos como os genes MADS: MaMADS1 e MaMADS2. Quando foi reprimida e expressão destes genes, as plantas de banana apresentaram um amadurecimento retardado e uma vida útil maior. A característica do atraso no amadurecimento está ligada à produção da hormona de amadurecimento: o etileno. As linhas de bananas com maior repressão dos genes não produziram etileno, e a maturação foi, consequentemente, mais tardia. Segundo o estudo, a qualidade e o sabor das bananas transgénicas é o mesmo do que as convencionais. Para aceder ao estudo, clique aqui.

Fonte: Agrodigital / ChileBio.

#agronegócio #Banana #Fruticultura #OGM

0 visualização0 comentário

©2021 - Root. All Rights Reserved. Designed & Developed by Broono

  • Facebook
  • Instagram
  • LinkedIn