Bolsa de Terras: já foram disponibilizados 16.972 hectares

A Bolsa de Terras disponibilizou até ao final de março de 2017, em valores acumulados, uma oferta total de 668 prédios/parcelas, para arrendamento e venda, a que corresponde a área de 16.972 ha dos quais foram cedidos 200 prédios/parcelas envolvendo a área de 6.264 ha.

As terras de privados e de outras entidades públicas, atualmente disponíveis para arrendamento e venda, podem ser consultadas aqui.

Recorde-se que, desde dezembro do ano passado, a Bolsa Nacional de Terras, recorrendo a uma nova ferramenta, disponibiliza uma nova funcionalidade que visa facilitar a consulta das terras disponíveis para arrendamento e venda, a qual vem complementar os meios de consulta já existentes na plataforma informática. A consulta está agora disponível no Google Maps.

Para aceder às terras disponíveis pode clicar aqui.

Facilitar o acesso à terra

A Bolsa Nacional de Terras é um instrumento criado em 2012 que tem como objetivo facilitar o acesso à terra através da disponibilização de terras, designadamente quando as mesmas não sejam utilizadas, e, bem assim, através de uma melhor identificação e promoção da sua oferta.

A bolsa de terras disponibiliza para arrendamento, venda ou para outros tipos de cedência as terras com aptidão agrícola, florestal e silvopastoril do domínio privado do Estado, das autarquias locais e de quaisquer outras entidades públicas, ou pertencentes a entidades privadas. A bolsa de terras disponibiliza ainda terrenos baldios, nos termos previstos na Lei dos Baldios.

Prédios sem dono conhecido

Entretanto, se tem conhecimento e pretende comunicar a existência de “prédio sem dono conhecido” que não esteja a ser utilizado para fins agrícolas, florestais ou silvopastoris, aceda ao formulário de comunicação criado para o efeito, aqui.

Fonte: revista Agricultura e Mar Actual.

0 visualização0 comentário

©2021 - Root. All Rights Reserved. Designed & Developed by Broono

  • Facebook
  • Instagram
  • LinkedIn