Apreensão de plantas e produtos vegetais importados aumentou na União Europeia

A apreensão de plantas e produtos vegetais aumentou 4,4% em 2015 face ao ano de 2014.

Foram realizadas 7.180 notificações, sendo que 2.136 notificações se deveram há existência de substâncias prejudiciais para a saúde humana. Neste caso, os principais países de origem dos produtos foram o Gana, o Uganda, Lagos, Bangladesh, o Quénia, o Uruguai e a Tailândia.

Os produtos alimentares que apresentavam maiores problemas foram os pimentos, os limões, as mangas, as beringelas, o manjericão e os melões. Um dos maiores problemas prende-se com a doença do mal negro, que atacou grandes zonas do Uruguai, afetando as produções de legumes.

A União Europeia vai, este ano, pôr em marcha um novo sistema de controlo de qualidade dos produtos alimentares provenientes de países terceiros.

Fonte: Agroinfo.pt

0 visualização0 comentário

©2023 - Root. All Rights Reserved. Designed & Developed by Broono

  • Facebook
  • Instagram
  • LinkedIn