Agricultura com mais 68 milhões de euros para gastar em 2017

No próximo ano, o programa orçamental para a Agricultura, Florestas, Desenvolvimento Rural e Mar vai ter 1017,4 milhões de euros para gastar, mais 68,4 milhões do que em 2016.

Na lista de medidas que Capoulas Santos terá em mãos está a estratégia nacional para a agricultura biológica ou a negociação de acordos bilaterais para abrir novos mercados ao setor agroindustrial.

O ministério irá, contudo, “perder” 800 mil euros de verba alocada ao Fundo Sanitário e de Segurança Alimentar Mais (que criou a polémica taxa de segurança alimentar cobrada aos hipermercados).

Este montante vai ser transferido para o Fundo Azul que, por seu lado, vai financiar projetos de investigação e desenvolvimento da economia do mar.

A taxa de segurança alimentar nasceu em 2012 para financiar (entre outros) os serviços de recolha de cadáveres de animais e tem sido muito contestada pelas empresas da grande distribuição, que preparam, aliás, uma queixa na Comissão Europeia, argumentando que se trata de um auxílio direto do Estado a quem beneficia da verba.

Ler aqui.

#agronegócio

0 visualização0 comentário

©2021 - Root. All Rights Reserved. Designed & Developed by Broono

  • Facebook
  • Instagram
  • LinkedIn