top of page

Agricultores realizam primeiro protesto contra o governo em Mirandela no dia 26

No próximo dia 26 de janeiro, exatamente de hoje a oito dias, tem início pelas 10 horas, frente à Reginorde, a primeira de uma série de manifestações e protestos dos agricultores “contra a incompetência de quem nos governa”.


Numa nota de agenda divulgada hoje, a CAP convida os órgãos de Comunicação Social a estarem presente e a acompanharem este primeiro momento de contestação dos agricultores.


“A gestão pública da pasta da agricultura tem a assinatura da incompetência, e é contra essa incompetência que nos manifestamos. Estão 1300 milhões de euros por executar do PDR 2014-2022. Todos os dias perdemos competitividade face a Espanha. Os agricultores estão a passar dificuldades e o Governo abandona o território, extingue as Direções Regionais de Agricultura e faz anúncios atrás de anúncios que não cumpre. Não tem que ser assim. Não pode ser assim! É contra a incompetência que nos manifestamos e em Mirandela iremos mostrar uma grande mobilização e dar visibilidade ao nosso profundo descontentamento com a gestão da pasta da Agricultura e dos temas do Mundo Rural”, afirmou o secretário-geral da Confederação dos Agricultores de Portugal.


“Neste momento temos mais de 60 associações de agricultores e produtores regionais e locais com presença confirmada e que estão a mobilizar os seus associados para aderirem a este protesto que, assim o desejamos, se possa transformar numa grande manifestação” avançou Luís Mira.


O encontro tem início pelas 10 horas frente à Reginorde, com desfile de tratores e centenas de manifestantes que se irão concentrar frente à (ainda) Direção Regional de Agricultura.


Conheça a LISTA DE ASSOCIAÇÕES QUE APOIAM E INTEGRAM A MANIFESTAÇÃO.


Fonte: Nota de imprensa CAP, 19/01/2023

29 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page